Gigantes de seguro dos Estados Unidos anunciam plataforma conjunta de Blockchain

As maiores empresas de seguro médico dos Estados Unidos, UnitedHealth Group e Humana, anunciaram o lançamento de um projeto piloto de Blockchain projetado para melhorar a qualidade do armazenamento e da transferência de dados. Isso foi relatado pela CoinDesk.

Apesar das empresas serem concorrentes na indústria de seguros de vida e saúde, desenvolvem o projeto em conjunto com a MultiPlan e a Quest Diagnostics, sendo que o UnitedHealth Group participa através das suas subsidiárias UnitedHealthcare e Optum.

“Durante o lançamento piloto, podemos aprender como a troca de dados entre organizações de saúde com a ajuda de tecnologias de Blockchain pode melhorar a precisão dos dados, simplificar a administração e o acesso a serviços médicos”, diz o comunicado emitido pelas empresas.

No momento, não está claro se o projeto está sendo desenvolvido sob a base de uma plataforma existente ou “do zero”. No entanto, o piloto pretende otimizar e melhorar um dos aspectos mais “dolorosos” do setor: o processo de reconciliação, que custa cerca de US$2,1 bilhões por ano para os EUA; assim como observa a publicação.

Vale ressaltar que no final de 2016, as seguradoras europeias Aegon, Allianz, Munich Re, Swiss Re e Zurich anunciaram a criação de um consórcio de Blockchain.

 

Definição de blockchain (também conhecido como “o protocolo da confiança”) é uma tecnologia que visa a descentralização como medida de segurança. São bases de registros e dados distribuídos e compartilhados que têm a função de criar um índice global para todas as transações que ocorrem em um determinado mercado. Funciona como um livro-razão, só que de forma pública, compartilhada e universal, que cria consenso e confiança na comunicação direta entre duas partes, ou seja, sem o intermédio de terceiros.

Comments

comments